Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

ÂNCORA DE PAPEL

ÂNCORA DE PAPEL

Em flor

Imaginem duas flores, lado a lado. Uma foi plantada com um mês de diferença em relação à outra. Esse facto apenas lhe conferiu mais oportunidades de crescer e de se fortalecer. Apanhou sol, apanhou chuva, manteve-se firme nos dias de vento, procurou aguentar os dias de geada. Recebeu alimento e defesas. Cresceu. Desenvolveu-se. Ainda que com pouco tempo, foram 31 dias de desenvolvimento, 31 dias que acabam por fazer a diferença, 31 dias de bagagem.
Agora imaginem que essas flores têm um limite mínimo para que possam ser colhidas e embelezarem um qualquer ambiente. Assim, ainda que igualmente bonitas e cheirosas, não podem ser colhidas ao mesmo tempo. Estão em fases diferentes.

Estas flores somos nós. Nós, eu e tu. Ou qualquer um de nós que se cruze com qualquer outra pessoa. Todos nós passamos por uma série de situações idênticas, que nos fazem crescer, que nos desenvolvem, que nos dão bagagem e estofo. Porém, somos plantados em dias diferentes e temos tempos de recolha diferenciados. Ainda que queiramos o mesmo, que necessitemos do mesmo, não podemos abraçar-nos porque não estamos na mesma fase. Ainda não apanhámos a mesma quantidade de sol, tampouco ultrapassámos as mesmas tempestades. E contra isso não se pode fazer nada. Não podemos obrigar ninguém a crescer depressa; não podemos querer ser o abrigo de alguém; não podemos querer ocupar o lugar do tempo e retirar-lhe o seu papel. Encontrámo-nos desencontrados, em fases diferentes, ainda que movidos pelo mesmo sonho, pelo mesmo desejo, pelo mesmo objetivo. 

Eu estou aqui, ainda agarrado às raízes cravadas na terra, mas pronto para ser colhido e fazer sorrir alguém. Tu estás perto, demasiado perto, e é de perto que te vejo receber os abanões do vento para que cresças e sejas forte. Por muito que queira, não pode ser de outra forma. Não te posso retirar o que já tive. Nem vou fazê-lo. Por agora, fico aqui, a contemplar-te. Talvez um dia possamos ser colhidos juntos.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D