Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Âncora de papel

by Miguel Oliveira

Masturbação

10.08.18, Miguel Oliveira

Masturbação. Sim, masturbação!

Por definição, masturbar é o ato de estimular os próprios órgãos genitais para obter prazer sexual. E se for mais do que isso? Se a masturbação for além da zona central do nosso corpo e se prolongar por todo ele? Se somos dotados de sensações, porquê restringir a fonte de prazer apenas aos nossos genitais?

Hoje em dia, sobretudo nas camadas mais jovens, fala-se abertamente sobre sexo. Porém, a ideia que tenho é que se fala apenas do ato em si, da sua consumação e, muitas vezes, para isso mesmo - dizer que já aconteceu (e com quem aconteceu). Mas não será o sexo muito mais do que um ato? Não será antes uma espécie de dimensão, com os seus truques e particularidades? Não estarão incluídos nesta dimensão aspetos de cariz individual, que cada um deve explorar e conhecer?

Faço-lhe uma pergunta: conhece o seu corpo? Sim, pode saber as suas medidas e as suas formas físicas, mas conhece mesmo o seu corpo? Sabe como ele responde ao seu toque? Já experimentou deitar-se confortavelmente, fechar os olhos e percorrer todo o seu corpo? Já sentiu como a sua respiração muda consoante a zona do corpo em que toca? Sabe onde se arrepia e com que intensidade? 

Conhecemo-nos realmente bem ou preferimos insistir na descoberta do corpo do outro quando nem o nosso conhecemos?

Descubra o seu corpo, o que ele pede e como reage. Dê asas à sua imaginação. Quanto melhor se conhecer, mais prazer terá, sozinho(a) ou acompanhado(a). 

 

1 comentário

comentar