Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Âncora de papel

by Miguel Oliveira

Ao comando do corpo

08.10.18, Miguel Oliveira
Era a primeira vez que se viam, apesar de já há muito se conhecerem. Era uma manhã de nevoeiro, gélida e cinzenta. Rui era alto, cuidado com a imagem e confiante, bastante confiante. Filipe era tímido, encorpado e ligeiramente mais baixo. Viram-se ao longe, no meio da multidão que enchia a estação de comboios. Os olhares fitaram-nos e algo os aproximou, quase telecomandados. Era a primeira vez que se olhavam, que se cheiravam, que se sentiam como realmente se deve sentir alguém: (...)