Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Âncora de papel

by Miguel Oliveira

Pequenas questões

28.06.19, Miguel Oliveira
Todos temos dias difíceis. E as dificuldades podem ser bastante diversas. Difíceis porque somos apanhados pelos imprevistos; difíceis porque temos muito trabalho; difíceis porque há muitas situações aborrecidas para tratar; difíceis porque apetecia-nos tudo menos aquilo que temos para cumprir; difíceis porque tudo nos sai ao lado. Seja como for, há dias difíceis para todos. Porém, o que fazemos nós nesses finais de dia?  Quantas vezes, no fim de um dia difícil, olhamos para (...)

E se não houvesse espelhos?

14.06.19, Miguel Oliveira
Nas ruas, nos locais públicos ou em casa, há sempre onde possamos ver o nosso reflexo. Seja em espelhos, montras, janelas ou portas envidraçadas, lá estamos nós refletidos. Há quem os adore, quem os odeie e quem lhe conceda a importância necessária para as tarefas do dia a dia. Porém, e porque os assumimos como fazendo parte da nossa rotina, já pensou como seria se não houvesse espelhos?  Na era do narcisismo digital, como alguns lhe chamam, como seria se, de repente, não nos (...)

Olhar ao espelho

13.01.19, Miguel Oliveira
No outro dia dei por mim a pensar o que me despertava nas outras pessoas, aquilo que me chamava a atenção, o que me atraía nelas. Depois de algum tempo cheguei à conclusão que em cada pessoa me chama a atenção determinado aspeto, procurando em cada uma delas coisas diferentes. Então, se assim é, também eu tenho coisas boas para oferecer; cada um de nós é motivo de interesse para alguém, mesmo que tal não nos pareça ou nos seja dito diretamente. Acredito que nos (...)